sexta-feira, 5 de novembro de 2010

"Lembranças de um grande amor"



Olho o céu estrelado
O brilho da lua cheia
Tudo é puro encanto
Trazendo amor e alegria

É tão grande essa beleza
Que se não fosse ela
Não haveria rosto que sorrisse
Coração que não sentisse.

Como não admirar coisas tão belas
De tanto que as vivia
E num encontro à luz de velas
A paixão me consumia.

Quantas lembranças existem
De amores passados
Corações apaixonados
A este espetáculo não resistem.

Num beijo ardente
Sob o olhar da Estrela Cadente
Com o tempo arestas os separam
E a beleza deste brilho se apagam.

Esta noite me levou a sonhar
Da leitura me tirou
Ao pensamento me levou
lembranças de um grande amor.


RSantos

11a. Edição Poema - Estrela Cadente

(Imagens retiradas da NET)

2 comentários:

  1. poemas de amor e de silencio são os mais bonitos!
    Boa sorte.

    ResponderExcluir
  2. Muito linda tua poesia e participação! Inspirada e linda!beijos,chica

    ResponderExcluir