sábado, 31 de julho de 2010

"Caminho para a realidade"


Com a mochila nas costas
Com meu violão nas mãos
Caminho sem direção
Caminho sem trilhas.

Com um sonho de vida
Com o desejo de cantar
Caminho carregada
Caminho no amanhecer.

Com um sonho de liberdade
Com o coração cheio de amor
Caminho cheia de vontade
Caminho para qualquer lugar.

Com a alma cheia de alegria
Com a garganta afinada
Caminho encantada
Caminho no compasso da melodia.

Com a noite a chegar
Com as luzes a se apagar
Caminho sem deixar de sonhar
Caminho para descansar.

Com o sol a nascer
Com o coração a bater
Caminho para tudo ver
Caminho para tudo acontecer.

Com fé nos meus sonhos

Com muita serenidade
Caminho com desejos
Caminho para a realidade

“Desistir dos sonhos é não acreditar no que deseja.

Assim, tudo o que acontecer na sua vida será contra sua vontade.”

Rene Santos


3a. Edição - Sonhos, Realidade  ou fantasia

Imagens retiradas da NET

sexta-feira, 30 de julho de 2010

"Ao meu velhote"



Amor hoje é seu aniversário e depois de tantos anos juntos não me preocupa  mais em saber qual a sua idade, mas sim que compartilhamos essa vida com muito carinho, muita felicidade, muita saúde e  aproveitando cada minuto como se fosse o último.

Desejar Feliz Aniversário a você é muito bom e resolvi escrever esta carta  para fazer uma homenagem diferente de tudo que já fiz. Poder escrever uma mensagem sem erros nem emendas e cobrindo cada letra, cada palavra com gotas deste amor que se transformou num sentimento tão forte, tão nosso que nos faz sentir dois adolescentes de tanto que trasnbordamos de alegria e rimos por qualquer coisa.

Escrevo esta carta simples e sem muito requinte desejando que quando a leia possa  alegrar o seu coração, fazer brilhar seus olhos e emocionado eu veja seus lábios abrirem num belo sorriso.

Queria poder lhe dar um presente que fosse bem diferente de todos que já lhe dei até agora, mas não consegui imaginar algo melhor do que estas palavras que aqui escrevo. Gostaria de poder encher de palavras que pudessem simbolizar o amor incondiconal que sinto por você meu querido.

Tenho certeza que nossos filhos e netos vão encher esta casa e só isso é um presente não só para o aniversariante, mas para mim também que tenho a felicidade de estar ao seu lado. Preparei uma festinha para podermos comemorar momento tão precioso.

Desejo que a  felicidade que sentes hoje te acompanhe sempre, sempre e agradeço a Deus por existires e ser tão importante para mim.
Feliz Aniversário meu velhote.
Com todo amor da sua

"Biazinha"

Rene Santos


4a.Edição Carta -Feliz Aniversário
(Imagem da Net e gettyimages)

quinta-feira, 29 de julho de 2010

"O Calhambeque" ( texto adaptado)

Vocês sabem qual a sensação quando acabamos de tirar a habilitação e recebemos a nossa Carteira de Motorista? Uma sensação de liberdade misturada com felicidade. Foi assim que me senti e tudo ficou completo quando ganhei do meu companheiro o meu primeiro carrinho. Era uma Brasília um pouquinho gasta, mas era o meu “Calhambeque” que me levou a muitos lugares apesar de tantos quilômetros rodados. Não era uma Brasília amarela como a dos “Mamonas Assassina”, mas era uma princesa na cor marfim. Como passei momentos divertidos dirigindo o meu velho carrinho que dava para o gasto e me sentia até a “Senhora Buscapé” andando no seu Calhambeque antes de viver em Beverly Hills.

Diariamente seguia para o trabalho motorizada dirigindo com cautela e adquirindo mais segurança e confiança no decorrer do tempo.


Os dias transcorriam na mesma rotina até ter que comparecer a reunião de pais no colégio de meu filho. Sai um pouco mais cedo do trabalho e lá fui, num final de tarde, subindo a Serra que me levaria a Escola. Cantarolando a música que tocava no rádio ( não me perguntem qual era) subitamente me deparo com dois carros dando marcha ré em plena curva, levei um susto e fui automaticamente diminuindo a velocidade. Fui logo reclamando, chamando de loucos e etc...


Continuando a minha viagem entro na curva tranquilamente e, de repente, dou de cara com uma cena na minha frente que não sabia se tinha entrado num Drive in onde passava um filme de bandido ou se realmente era verdade o que estava vendo. Sim era verdade estava no meio de um assalto e resumindo a história em poucos segundos estava sendo rendida com um 45 no pé do ouvido.
"Sabe por que sobrevivi na noite em que me fizeram isso?"
Porque a minha reação foi zero, fiquei paralisada e só me lembro de ter olhado pelo retrovisor e avistado uma moça num Monza preto. Depois disso foi um desespero, pois chegou a polícia atirando para todos os lados que parecia estar no meio de uma guerra.Como tive sorte, pois os bandidos correram para se defenderem e eu fiquei agachada junto aos pedais do meu velho carrinho que me protegeu dos tiros e permitiu que eu estivesse aqui contando essa história.

Foram momentos terríveis e confesso que não parava de rezar e só conseguia pensar no meu filhinho que estava lá me esperando.


Rene Santos
Mandei meu Cadillac
Pr'o mecânico outro dia
Pois há muito tempo
Um conserto ele pedia
E como vou viver
Sem um carango prá correr
Meu Cadillac, bi-bi
Quero consertar meu Cadillac
Bi Bidhu! Bidhubidhu Bidubi!...


Com muita paciência
O rapaz me ofereceu
Um carro todo velho
Que por lá apareceu
Enquanto o Cadillac
Consertava eu usava
O Calhambeque, bi-bi
Quero buzinar o Calhambeque
Bi Bidhu! Bidhubidhu Bidubi!...
(O Calhambeque - Roberto Carlos)

Minha participação para a Postagem Coletiva

Adaptação com inclusão da frase para participação da 55a. Edição do projeto OUAT


(Imagen retiradas da NET)

quarta-feira, 28 de julho de 2010

"MENINA APAIXONADA"

Michele estava de férias e não podia deixar de aproveitar e passar algumas semanas na casa de praia de seus pais. Adorava chegar lá e curtir os dias de sol, os banhos de mar, os passeios pela praia, os encontros com seus amigos, os bailes à noite onde sempre encontrava o Bruno, rapaz que conhecia desde criança, que sentia uma atração enorme e com o tempo esse sentimento crescera e agora podia dizer que estava completamente apaixonada. Ele parecia corresponder, mas nunca que tomava iniciativa e sempre ficavam só nos olhares.

Numa dessas noites pareceu que tudo era um sonho, ele chegou todo alegre, bonito e charmoso e ficou o tempo todo do lado dela que irradiava uma beleza que encantava a todos. Dançaram a noite toda, foram se envolvendo pela música e acabaram se entregando aos seus sentimentos. Bruno abraçado a Michele chegou bem perto de seu rosto e começaram a ser beijar ardentemente e assim continuaram por um tempo sem dimensão. Falaram sobre tantas coisas, trocaram carinhos, fizeram juras de amor e quando menos esperavam já amanhecia o dia. Caminhando pela praia Bruno levou Michele para casa ficando de ligar mais tarde para marcarem se encontrarem novamente.

Michele estava cansada, seu corpo adormecido, mas estava tão feliz que não conseguia dormir e acabou indo deitar no sofá da saleta ficando horas fitando o infinito, olhando para o vazio. Seus pensamentos viajavam por um mundo encantando, seu coração batia forte e estava anestesiada pelo amor. Quantas vezes sonhou por este momento e agora era realidade. Quanta felicidade por estar ali podendo, pela primeira vez em sua vida, ver aquela menina apaixonada se transformando em uma mulher cheia de amor.

Rene Santos

3a.Edição @  edição ilustrativa

  
Imagem google

"PALMADA DE AMOR NÃO DÓI"

À FAVOR
Sou a favor do projeto de lei para proibir a prática de castigos físicos em crianças e adolescentes. Quando se fala em "castigos físicos" não podemos comparar ao fato de uma criança levar uma palmada por ter feito alguma coisa errada.
 
Falar sobre a minha infância e de como fui educada é muito gratificante, pois sou da época onde “palmada de amor não dói”. A Educação que recebi de meus pais tinha regras e obrigações a serem cumpridas e, apesar disso tudo, gostaria de ressaltar que havia uma grande amor e respeito não só por eles como pelos mais velhos. Esse respeito, no mundo de hoje, são valores que pouco se ressalta na educação e se refletem na cultura do povo onde deparamos com várias situações que muitas vezes nos revoltam. Sou de um tempo que havia a conversa, o diálogo que nos orientava o que era certo e errado e quantas vezes vislumbrados pelos colegas, pela própria euforia da idade, saíamos da linha, e aí, não havia conversa, era castigo na certa e claro que em certas ocasiões não conseguia escapar daquela “palmada de amor”. Esse tipo de educação nos moldes antigos considero válida e isso não pode ser comparado a maltratos e a castigos físicos. Considero uma educação caracaterizada por limites rígidos e dizer “não” aos filhos não era visto como prejudicial. 


Falando da educação dos filhos nos tempos atuais, os pais assoberbados pelas tarefas profissionais ou mesmo domésticas, tendem a passar menos tempo com os seus filhos e, frequentemente, delegam a responsabilidade de sua educação a terceiros, como a própria escola. Outros, tem tempo para seus filhos, porém, não sabem como gerenciar as dificuldades e nem estabelecer os seus limites.

Atualmente procuramos dar aos nossos filhos uma educação fazendo certas concessões movidos talvez pelo sentimento de “culpa” pelo pouco tempo dispendido a eles que podem desfavorecer o aprendizado de regras culturais e morais importantes.

Muitas mães se perguntam como educar os filhos corretamente, qual será a “fórmula mágica” para cuidar de uma criança, cuidar de sua educação e fazer com que ela cresça dentro da sociedade como um exemplo de criança. Não existe mágica para educar um filho pois acima de tudo ele é um ser humano, tem vontade própria e o que a mãe deve fazer é mostrar a ele como agir corretamente. Mostrar os dois lados do mundo, o lado certo e o lado errado e instrui-lo parara que siga sempre o caminho correto.

Ensinar a diferença que existe entre a verdade e a mentira, procurar sempre responder as suas curiosidades não escondendo nenhum fato ou notícia dele e se for algo muito grave procure esclarecer de forma suscinta sem muitos detalhes, mas nunca esconder ou mentir, fala sobre todos os assuntos sempre com muita naturalidade, porque dessa forma ele já vai se adequando às realidades da vida. Lembrando sempre que a melhor forma de educar o seu filho nos dias atuais é utilizar sempre o diálogo, nunca usar da agressão e também nunca deixar faltar a verdade para com ele e na frente dele, maus exemplos geram pessoas más.

Uma boa comunicação familiar permite que os pais conheçam melhor seus filhos dando-lhes condições para ajudá-los. Devem fazê-los refletir numa conversa aberta, perguntando e explicando-lhes as causas e problemas, fazendo com que eles mesmos procurem as próprias soluções e tomem decisões para que cresçam e ganhem responsabilidade.


Rene Santos

1º LUGAR
4a. Edição  @ tribunal How Deal 

Fontes:
Imagens google
Pesquisas
:

Guiabrasilblog
Portal da familia
Rede Psi artigo da psicologa Maria ester

segunda-feira, 26 de julho de 2010

"A minha gatinha"


Neneche minha gatinha siamesa
Toda charmosa como uma princesa
Adorava nos meus pés se aninhar
Para um gostoso cochilo tirar.


Toda dengosa me olhava
Para seu pescoço coçar
De prazer seu pelo arrepiava
Sua alegria era comigo brincar.


Neneche assim se chamava
Tão quietinha que não pertubava
Sempre limpinha e asseada
Seus pelos lambendo sempre estava.


Quantos anos minha gatinha
Foi minha companheira e amiga
Minha casa enchia de alegria
De tão bela e verdadeira.


Gatos tem sete vidas
Que não são eternas
E um dia a vida acaba
Levando a quem tanto amava.


Neneche amor da minha vida
Que jamais será esquecida
Em meu coração sua lembrança
Estará comigo aonde esteja.

Rene Santos


5a. Edição  - Câmara  em Ação _ Tema  Animais de Estimação

(Imagens retiradas da NET)

"Um dia colorido entre amigos"


Começo o dia com uma preguiça enorme de me levantar. O despertador toca... peço mais um tempo e continuo na cama até que ele dispara novamente. Agora não tenho como me esconder mais nas cobertas e só me resta atender ao seu chamado. Levanto e caminho para o banheiro onde meus olhos custam a abrir tamanha  claridade que ofusca meus olhos.  Lavo o rosto , escovo os dentes e tomo um belíssimo banho e estou pronta para começar o dia.

Olho pela janela e vejo o céu azul iluminado pelo lindo Sol que vai ganhando o seu espaço passando pelas brancas nuvens que aos poucos vão desaparecendo. Essa linda manhã já mostra o jardim da praça todo majestoso, todo florido já apontando os sinais de uma nova estação. O mosaico de cores que enfeitam esse jardim formam uma paisagem encantadora. Impossível não se apaixonar por cada flor que exala seu cheiro próprio e se mostra formosa em seu visual que varia desde o rosa, amarelo, laranja, vermelho, roxo, lilás formando um arco íris cercado pelas folhagens de tons esverdeados à sombra de acolhedoras árvores de um esplendor contagiante.


É envolta nesse lindo cenário de energia que me equilibro para iniciar as minhas tarefas diárias e me integrar ao mundo que se completa com as
pessoas de meu convívio.

Tudo se espelha em  como agimos, como somos, como nos relacionamos e quais as escolhas que fazemos para que o nosso círculo de amizades seja de pessoas que nos entendam e nos completem.

Amigos podem nos fazer coisas boas, mas também podem nos colocar situações difíceis que nos levam a riscos que nem imaginamos. Não escapo do clichê em dizer que " diga-me com quem andas e dir-te-ei quem és" - esta é muitas vezes a grande questão de saber com quem andamos, quem são e se podemos confiar.

Amigos são necessários para colorir mais ainda a nossa vida , compartilhando momento valorosos e são eles que vão abrindo a trilha para novas descobertas e novos relacionamentos que são a essência do viver, do amar.

Participamos de um infinito espetáculo onde somos espectadores aplaudindo tanta arte e beleza.  Faz parte de nosso aprendizado sermos colocados no palco assumindo o papel de protagonistas, sem  ensaio algum, desempenhando com maestria a dança da vida iluminado pelas cores do amor.

E aqui encerra mais um dia em que  sobrevi a diversas situações. Passei por pequenos estresses que me fez chorara me fez feliz, me fez sentir saudades de quem não está mais aqui, mas cheguei em casa. Enfim estou no meu "lar doce lar" onde tenho tudo que preciso e o principal é aquele companheiro que me recebe com um  beijo, um abraço caloroso e é em seu ombro que desabafo minhas tristezas e alegrias e adormeço embalada em seu carinhos e afagos.



Rene Santos

5a.Edição In Colors - Livre

"Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos,
não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos. " (Miguel Unamuno)

(imagens retiradas da NET)

"Daqui pra frente tudo vai ser diferente"

Daqui pra frente tudo vai ser diferente
Você disse que o seu amor por mim está diferente
Você me olhou de uma forma tão contente
Você abraçou minhas mãos carentes
Você mostrou que me ama de verdade.

Daqui pra frente tudo vai ser diferente
Vai ser diferente o meu jeito de ser
Vai ser diferente o brilho do meu olhar
Vai ser diferente o quanto vou te querer
Vai ser diferente o meu jeito de te amar.

Daqui pra frente tudo vai ser diferente
Vamos esquecer o que passou e toda essa dor
Vamos nos abraçar, nos beijar
Vamos viver o nosso grande amor
Vamos juntinhos pra sempre ficar.

Daqui pra frente tudo vai ser diferente
Daqui pra frente vamos recomeçar
Daqui pra frente vamos ter um lar
Daqui pra frente felizes vamos estar
Daqui pra frente sempre vou te amar.

Rene Santos

5a. Edição - O Paraíso em Palavras
A frase desta semana é:
"Daqui pra frente tudo vai ser diferente"
(Se você pensa - Cueio Limão)

(imagens retirada da Net*Video You Tube)

quarta-feira, 21 de julho de 2010

"HISTÓRIAS DE CARNAVAL"


Carnaval festa de fantasias e sonhos
Alegria de foliões cheios de desejos
No balanço da banda vibram no salão
Cheios de euforia e empolgação.


Encontros de Pierrots e Colombinas
Escondendo seus rostos com máscaras
Matam as saudades aos beijos e abraços
Sem medos ou receios satisfazem seus desejos.


Entre risos e e alegrias cheios de ilusóes
Na esperança de uma conquista
São palhaços no meio da multidão
Que cantam e pulam no meio do salão.


Palhaços do riso, do choro, da alegria
Na avenida levam sentimentos de liberdade
Com sabor de amor e amizade
Vão até quarta feira perdidos na insônia.


Carnaval de tradições emocionantes
Com seus alucinados romances
Dando alegria aos foliões apaixonados
Que na quarta feira são abandonados.


Carnaval das desilusões
Difícil de ser controlado
Por foliões sem cautela
Que brigam na passarela.


Poetas que embalam a festa
Fazendo seus enredos de carnaval
Mostrando as maiores obras
Tornando campeã a sua escola.


Mulheres com corpos exuberantes
Fazem da avenida uma passarela
Com o charme de sua beleza
Levantam o desejo da platéia.


Carnaval de muitos reis e rainhas
Todos se amam sem limites
Numa felicidade sem fim
Fazem pactos ao som do tamborim.


Uma vida que é vivida
De felicidade presente
Com a alegria de um amante

Carnaval fantasia real
Um amor sem igual
Chega ao seu final
Com um final feliz.

Rene santos
Participação para Postagem Coletiva
Deixei seguir a inaginação com os pensamentos desordenados.
Ficou meio louco, mas está aí e espero que gostem 


(Imagens retiradas da NET)

terça-feira, 20 de julho de 2010

13a. EDIÇÃO FOTOGRÁFICA - Tema Flores


"Foi o tempo que dedicastes à tua rosa que fez tua rosa tão importante"
"Se alguém ama uma flor que se encontra numa estrela,
é bom a noite olhar o céu, todas as estrelas estão floridas
(Antoine de Saint-Exupéry)


Edição Fotográfica
Projeto Bloínquês

Ganhei estas flores no meu aniversário. Tirei a foto para guardar a sua beleza e  sentir sempre o amor com que foi dada.
Rene Santos

segunda-feira, 19 de julho de 2010

"Menina Travessa"



Menina travessa não é boa aluna
Sua mãe colocou de castigo
Para se concentrar no estudo
E Ficar mais aplicada.

Menina travessa pula a janela
Deixando os estudos de lado
Para brincar com sua turma
Que está lá fora esperando.

Menina travessa leva bronca
Por sua mãe desobedecer
E se não melhorar avisa
Para o ano o internato ela vai ter.

Rene Santos


2a. Edição - @ ilustrativa


Imagem retirada da NET

"AMOR E ÓDIO"


Disseram que eu tomasse cuidado
Que essa garota não era confiável
Que em seu coração não tinha amor
Que não gostava de ninguém.


Não importa o quanto tente ser bom
não dá pra segurar uma garota má
Que brinca com os teus sentimentos
Que te seduz levando a paixão.


Enche teu coração de amor
Enquanto finge que te ama
Vai conseguindo tudo o quer
Para seu vício alimentar.


Sua maldade leva a traição
Para atrair mais alimento
Gosta de brincar de amar
Destruindo corações.


Garota que amara um dia
Alguém que a havia traído
Ferindo o seu coração
Enchendo de ódio sua vida.


Amor ferido levou ao vício
Ódio no coração trouxe a maldade
Que não aceita a bondade
Entregue a própria sorte.


“A diferença do amor e o ódio
é que o ódio você mata ...
por amor você morre!”


Rene Santos
10a. Edição @Amar ou Morrer
Projeto How Deal


1º LUGAR
Imagens retiradas da NET e Getty imagens

sábado, 17 de julho de 2010

"Iniciando uma nova vida"

Foto retirada do Tumblr

Marisabel acabara de mudar para um novo apartamento e tudo estava ainda muito confuso em sua cabeça. Tantas coisas haviam acontecido em tão pouco tempo desde a morte repentina de seu pai, deixando um vazio em sua vida. A família teve que reduzir as despesas, pois não tinha condições financeiras de manter o mesmo padrão em que viviam.
Assim ela teve que sair do bairro aonde nascera para outro onde tudo era muito diferente, desde as pessoas que transitavam pelas ruas até aos vários prédios que as cercavam com seus andares altos.
Apesar de tudo ser tão estranho nesse novo mundo, a Marisabel tentou começar a arrumar os seus pertences. Olhava para as caixas a sua volta e sentia um desânimo, uma tristeza tão grande que não sabia por onde começar. Tudo que olhava ou tocava fazia lembrar de seu querido pai que agora não estava mais lá. Se ele estivesse ali olhando para ela desse jeito ia logo começar a fazer palhaçadas, cosquinhas e pronto, ela se esbaldaria de rir até caírem no chão se abraçando  e então começavam juntos a fazer a arrumação que a mãe pedira.
Começou a observar o céu nublado mostrando o início do entardecer e seu rosto  esboçava um sorriso do que acabara de recordar ficando até um pouquinho mais animada para começar a esvaziar as caixas. Sentia-se mais aliviada de toda essa tensão e sabia que tinha que se acomodar a nova situação.
Olhando para o chão viu um livro infantil do seu tempo de menina. Pegou e se lembrou de uma parte que contava sobre  o trabalho de um senhor bem velhinho que para  poder sobreviver recolhia pelas ruas da cidade caixas de papelão para vender a peso. Essas caixas ele as colocava num carrinho de mão que puxava bem devagar, passo a passo, seguindo a sua estrada não se importando quanto tempo levasse.
Isso fez ela ver quanta coragem e determinação esse velhinho tinha que não deixava se abalar seguindo o seu caminho no seu ritmo sem jamais desistir.  Parecia que tudo que ocorrera nos últimos dias era o fim do mundo, mas agora deslumbrava um novo horizonte, se enchia de força e energia para iniciar uma nova vida.
Observando isso tudo seus olhos começaram a brilhar novamente e seu coração a se encher de esperanças de um novo amanhã.
Rene Santos
19a. EDIÇÃO - 
Mudanças... Seja na chegada ou na despedida – capte os elementos da foto e nos
conte de forma narrativa, descritiva ou poética o que a situação lhe mostra.

 Projeto Palavras Mil

(Imagem retirada da NET)

sexta-feira, 16 de julho de 2010

"Carta ao meu amor proibido"

Meu querido,



É tão bom ouvir sua voz me dizendo que vem me ver e, mesmo que seja por pouco tempo, a felicidade toma conta do meu coração.
Escrevo esta cartinha para dizer-lhe o quanto te amo e que o pouco que posso ficar com você já me satisfaz.
Esses momentos em que estamos juntos, que trocamos carinhos, que nos amamos intensamente me fazem delirar. Como seria bom se tivesse te conhecido um tempo antes e que tudo fosse diferente. Que pudesse te amar livremente e dizer a todos os cantos que você é o grande amor da minha vida.
São tão poucos os momentos que passamos juntos que procuro guardar cada detalhe para que possa suportar o tempo que ficamos sem nos tocar onde sinto muito a sua ausência.
Esse nosso amor proibido muitas vezes me traz ao coração um pouquinho de tristeza, mas o sentimento que tenho é tão forte que aprendi a valorizar os momentos em que você é único e exclusivamente meu.
Quando estás muito tempo ausente sinto muita saudades e procuro não ficar triste e sim me preparar inteirinha para recebê-lo de corpo e alma e me entregar aos seus carinhos, aos seus toques, aos seus beijos. Vivo cada dia na esperança desse momento chegar e essa espera vai alimentando o meu amor e a vontade de estar ao seu lado.
Desenvolvemos um relacionamento tão gostoso e conseguimos compartilhar nossas vidas sem brigas e cobranças. Compartilhamos juntos o amor com prazer e diversão e isso nos realiza por ocuparmos nosso tempo com outras tarefas que absorvem o tempo que estamos distantes.
Muitas vezes paro para pensar quanto tempo vou continuar aceitando essa condição de ser sua “amante”, mas deixo a vida me levar. Tenho conseguido outras realizações no lado profissional que tem me feito muito bem, mas sei que vai chegar um dia que vou querer ter um lar, filhos , mas agora o que importa é que seu amor me satisfaz, me realiza e que me sinto tão bem que só tenho a lhe dizer que sou muito feliz.
Escrever esta cartinha dizendo isso tudo pode parecer bobeira, mas estava com vontade de colocar no papel tudo que sinto e coloquei para fora tudo que estava guardado no meu coração.
Mesmo que um dia venhamos a nos separar e que eu queira seguir meu caminho em busca da minha felicidade e da realização dos meus sonhos de mulher, tenha certeza que nunca te esquecerei. A vida é uma caixinha de surpresas e nunca sabemos o que nos espera no amanhã.
Desta sua fã incondicional



Bianca



Rene Santos
2a. edição carta
Projeto Bloínquês - Nota 9,1

(Imagens retiradas da NET)

"A dor por tão grande perda"


Chego aflito ao hospital para encontrar o meu amor em tão grande desespero que, ao me ver, corre para os meus  braços aos prantos não conseguindo uma palavra sequer falar. Totalmente descontrolada começa a gritar tamanha é sua angústia  o que me faz olhar bem firme para ela e dizer em voz alta: 
- Eu odeio te ver chorar, portanto, acabe com suas lágrimas e escute.  Foi melhor assim para todos e agora não tem mais nada a fazer do que se acalmar.
Seu irmão havia sofrido um grave acidente de moto e seu estado era gravíssimo, e os médicos já haviam avisado que as chances de sobreviver eram remotas. Caso sobrevivesse ficaria numa cama vegetando e essa situação traria sofrimento para todos. 
Seu irmão era um rapaz forte e sempre ativo e como gostava de aventuras, de esportes radicais. Viver correndo e com a adrenalina pulsando nas veias era um prazer que não dispensava.
Quis o destino que fosse vítima desse acidente monstruoso que acabou tirando sua vida ainda tão jovem.
Abraçado ao meu amor tão indefesa, tão triste sentindo a dor por tão grande perda não sabia muito o que fazer. Sabia sim que o meu carinho e sentimento por ela era muito grande e sofria muito de vê-la assim, mas não podia demonstrar. Dei um beijo carinhoso em sua testa, segurei no seu queixo puxando ela para que me olhasse bem nos olhos e então disse:
- Meu amor seque suas lágrimas e respire fundo, pois tens que ter forças para confortar os seus pais, os seus familiares. Eles vão precisar muito de você e tenha certeza que não estarás sozinha porque estarei aqui sempre ao seu lado.

Rene Santos

25a. Edição Musical - Nota 9,5
Projeto Bloínquês
Imagens retiradas da Net

quarta-feira, 14 de julho de 2010

"Eu não Entendo. "


Eu não entendo esse amor desvairado
Ele me completa quando não o entendo
Procurar entender é querer sofrer
Quando ele diz não mais me querer.

Eu não entendo esse amor indeciso
Que um dia diz que me ama
Enchendo meu coração de esperança
E minha alma cheia de desejo.

Eu não entendo esse amor confuso
Que de repente não gosta mais de mim
Brincando com meu sentimento
Dizendo que não está mais a fim.

Eu não entendo porque foge
Desse amor puro e sincero
De um sentimento tão lindo
Com medo de amar de verdade.

Eu não quero mais entender

Nem nesse amor mais acreditar
Não quero mais deixar de viver
Esperando você voltar.

*Rene Santos*

Por que você não disse que viria?
Logo agora que eu tinha
Me curado das feridas
Que você abriu quando se foi
Por que chegou sem avisar?
Eu queria tempo pra me preparar
Com a roupa limpa, a casa em ordem
E um sorriso falso pra enganar

Eu não entendo a sua volta
Não entendo a sua indecisão
Num dia sou seu grande amor
No outro dia não.
(Eu Não Entendo - Nenhum de Nós)

Essa foi a minha primeira participação na Postagem Coletiva

terça-feira, 13 de julho de 2010

"Você não quis me escutar"


Você não quis me escutar
Porque você sempre age assim?
Fugindo da verdade que tento falar.

Você está sempre muda
Porque você me trata mal?
Se o que quero é só o seu bem.

Aonde está aquele nosso amor?

Sentimento tão puro e sincero
Que agora é só de tristeza e dor.

Será que você perdeu a razão?
Maldito vício que te consome
Que só te leva a destruição
Deixando em mim a amargura
De não saber o que fazer
Para te ver voltar
Cheia de vida a me amar.

Rene Santos

Edição trecho de música
(Imagens retiradas da NET)

sábado, 10 de julho de 2010

"A BELEZA DA VIDA"

Até que ponto é válido ou errado olhar a aparência?
Beleza é mais do que aparência . Personalidade e atitude também nos fazem mais bonitos.

Conforme diz o site Vida Simples em tema sobre “A Beleza não é o que você vê” e Rogério Schlegel exemplifica muito bem que a beleza e a aparência não são fundamentais aos olhos de quem as vê. Da boca para fora, Vinicius de Moraes não titubeava: "Beleza é fundamental". Ele próprio, no entanto, tinha barriguinha aparente, fumava até amarelar os dentes e conseguia ser ao mesmo tempo meio careca e descabelado. Nem por isso o poetinha sofreu com falta de pretendentes. Vinicius é um bom exemplo de como são duvidosos os juízos sobre a beleza.
É verdade que nunca a imagem foi tão privilegiada, mas isso não quer dizer que sejamos reféns dos padrões dominantes de beleza. Primeiro, é preciso entender como esses padrões são criados.
Beleza não é só aparência física. Pesquisas mostram que atitudes bacanas e traços positivos de personalidade, como bom humor, fazem com que as pessoas sejam percebidas como mais bonitas. Quem está ao seu redor passa a misturar as qualidades, barrando as fronteiras entre os atributos estéticos e os de personalidade.
O melhor de tudo é que essa beleza expandida, que inclui o número de bons-dias que você dá e outros quesitos, pode ser cultivada. E não estamos falando de cumprir pena na academia de ginástica. O importante é que ressalte o melhor que você tem por dentro e fique melhor por fora. "Você não precisa ser lindo para ser bonito", afirma o cantor Wando, uma autoridade em matéria de beleza interior. Malhar a auto-estima, anabolizar a confiança e esculpir a autenticidade são tratamentos de beleza. Como costuma dizer a publicidade de cosméticos, "todos vão notar". Não há um jeito certo de ser bonito, nem um jeito errado. Cada um encontra sua beleza.


É certo que a área espiritual tem um peso tremendo dentro de qualquer relacionamento, mas a personalidade, o caráter e também o físico têm seu peso de decisão. A ordem de importância é que precisa ser questionada.
Existem casos em que a pessoa é linda, mas não chama tanto a atenção de outras. Ela precisa ser agradável para os olhos de quem a escolhe.
Muitos jovens, nos dias de hoje, se empolgam com a beleza, mas quando casam percebem que a beleza não paga conta, não produz suporte de sustento na hora da tribulação e também não muda o caráter de ninguém.

É preciso ter um coração , acreditar em Deus , ter caráter e, por último, sim, observar a parte física. A ordem da escolha vai refletir, e muito, em um relacionamento feliz.

A questão física é a última a ser analisada, porém, não é indispensável. É claro que esse quesito também tem o seu peso, mas nunca estará à frente da vida espiritual e da personalidade. Muitos jovens ficam hipnotizados por um sorriso bonito, um jogar de cabelos longos, ou curvas e músculos.

A maioria dos seres humanos já sentiu, em algum momento da vida, como se o mundo tivesse repentinamente se tornado totalmente cinzento e sem nenhuma cor.

Esta sensação sempre está relacionada ao nosso estado interior. A noite negra da alma contamina com sua escuridão tudo o que está à nossa volta. A origem de nosso sofrimento vem da negação de um princípio bastante simples: a vida é dor e prazer.

Quando a alegria bate à nossa porta, é fundamental que nos entreguemos com toda a intensidade, sabendo que ela é efêmera como a própria existência. Não deixemos escapar as oportunidades de ser feliz, sejam quais forem os motivos.

Do mesmo modo, quando a dor se apresentar, devemos encará-la de frente, vivenciando-a, porém, com o sentimento interior de que ela também passará, como tudo o mais.


É preciso um esforço consciente para não permitir que o sofrimento nos torne cegos à beleza da vida. Sempre é possível recuperar a alegria de viver, basta que desejemos isto com todo o poder de nossa vontade.

Olhar à nossa volta, buscando encontrar no cotidiano razões que nos encham o coração de alegria, é um exercício que deve ser repetido diariamente, quando o desânimo toma conta de nós.

"A alegria evita mil males e prolonga a vida."
William Shakespeare.

Rene Santos

1º LUGAR
9a.Edição @ forma fisica

Imagens Net e pesquisas em:
Universo da Mulher
Somos Todos Um
Vida Simples