segunda-feira, 23 de agosto de 2010

"AS CICATRIZES "


Com as mãos trêmulas e meu coração disparando escrevo estas poucas linhas para me despedir de toda as tristezas e mágoas que me deixastes durante estes anos que convivemos juntos.

Poderia encher este papel só escrevendo sobre quantas vezes sabia que me traias atingindo em cheio o meu coração, mas sofria calada com medo de perder o teu amor, de não mais te ver. Fingia que dormia quando, quase como uma pluma, deitavas ao meu lado exalando ainda o cheiro da noite de pecado.

Fui tua companheira, tua amiga, tua mulher que sempre esteve presente reparando teus erros, escutando teus desabafos, cuidando quando estavas doente, aturando as tuas ressacas e nunca que destes o devido valor a isto. Agora cansei, o tempo se encarregou de acabar com este sentimento que havia em meu coração e quero seguir para uma nova vida longe daqui . Quero seguir sozinha e descobrir coisas novas, sentir vontade de viver, sentir ser amada novamente e começar a olhar para mim procurando recuperar esse tempo que perdi sendo um trapo nas tuas mãos.

Acabou, não quero mais te ver, suma da minha vida. Espero que possa ter tempo para refletir em tudo o que fizestes e olhar para dentro de ti mesmo e ver o quanto és fraco e vazio. O que hoje sinto é vergonha de ter aguentado calada tanto tempo sem reagir. 

As nossas cicatrizes têm o poder de nos recordar que o passado foi real, mas deixo esta casa levando o que é meu de direito e com a certeza absoluta de que não olharei para traz novamente.Seguirei em frente para viver um novo presente e passando a borracha neste triste passado.

Adeus para sempre!




Rene Santos


Edição Frase de filme 
Getty imagens e da google

Nenhum comentário:

Postar um comentário