segunda-feira, 17 de maio de 2010

"PULSEIRAS COLORIDAS & PULSEIRAS DE SEXO"


# A FAVOR
Essas “ pulseiras do sexo “ viraram moda entre os adolescentes e com as notícias, que vem assolando a mídia, de garotas que sofrem abuso sexual, são estupradas onde a polícia cita como motivo o fato de que elas usavam as pulseiras coloridas adornando seus braços. Isso criou um caos e gerou uma preocupação entre muitas escolas e familiares.
Os pais tomaram conhecimento sobre a forma como as pulseiras são usadas - sendo uma forma , tipo um jogo, que as meninas utilizam as pulseiras de cores diferentes, havendo um significado para cada uma. Os meninos devem conseguir arrebentar uma ou várias pulseiras para receberem os carinhos correspondentes as cores.
* amarela — abraço; * rosa — mostrar o seio; *roxa — beijo de língua; * vermelha — dança erótica; * verde — sexo oral a ser praticado pelo rapaz; * branca — a menina escolhe o que quiser; * azul — menina faz sexo oral; *preto — relação sexual.

Lendo sobre a opinião de psicólogos dedicados a adolescência e a área educacional eles pautam que –“ A princípio, poderia parecer uma brincadeira ingênua, normal e saudável para essa época de descoberta da sexualidade. Mas o que vem preocupando pais e educadores são as carícias envolvidas, a banalização da sexualidade e o uso das pulseiras por crianças a partir de dez anos de idade. Por isso, muitas escolas vêm proibindo o uso dos adornos.”
Minha opinião é a favor, para os jovens dentro da idade permitida, e com discernimento suficiente para saber se defender e fazer suas escolhas dentro dos princípios de educação que recebeu de seus pais e a orientação educacional. Lembro que na minha época de adolescente tínhamos brincadeiras de pera, uva , maçã, salada de fruta e lá íamos para as escadas do prédios para brincar, ou no recreio da escola e tinha lá o seu peso em relação ao significado que cada fruta tinha – claro que era outro tempo – mas era uma brincadeira de adolescente e faz parte da fase de todos nós.

Proibir não vai melhorar em nada , só vai criar mais alarde num tema que deve ser tratado naturalmente.

Os jovens precisam fazer suas descobertas, conhecer a si próprio, ao seu corpo , conhecer o sexo oposto enfim se relacionar , deixar correr seus sentimentos e sua sexualidade. Seguindo ainda a orientação de psicólogos isso tudo deve ser acompanhado com consciência e responsabilidade pois não se pode vincular o afeto a necessidade de usar pulseiras coloridas.
Como mãe cabe ensinar aos meu filhos que o corpo, o sexo, o relacionamento interpessoal, devem ser levados com cuidado, com responsabilidade, com carinho.

Os jogos sexuais dos adolescentes de hoje tem que conscientizar aos pais, aos professores a necessidade de analisar com mais atenção como os jovens estão vivendo com a sexualidade numa época onde o mundo mostra formas de estímulos sexuais pervertidas e isso está visível abertamente nos meios de comunicação e mais ainda na Internet , na música , nos filme e no cotidiano onde se vê relacionamentos amorosos de todos os tipos.
Rene Santos
 
2a. Edição @Tribunal How Deal -
Tema : Pulseira do sexo chegou ao extremo?
(Imagens e pesquisa retiradas da NET)

Nenhum comentário:

Postar um comentário