sexta-feira, 14 de maio de 2010

" Um novo amanhã "

Isabela acabara de mudar para um novo apartamento e tudo estava ainda muito confuso em sua cabeça. Tantas coisas haviam acontecido em tão pouco tempo desde a morte repentina de seu pai, deixando um vazio em sua vida. A família teve que reduzir as despesas, pois não tinha condições financeiras de manter o mesmo padrão em que viviam.
Assim ela teve que sair do bairro aonde nascera para outro onde tudo era muito diferente, desde as pessoas que transitavam pela rua até aos vários prédios que as cercavam com seus andares altos.
Apesar de tudo ser tão estranho nesse novo mundo, a Isabela tentou começar a arrumar as suas coisas. Após um tempo sentiu-se sufocada e foi até a sacada do quarto para respirar um pouco de ar puro e clarear suas idéias.
Começou a observar o céu nublado mostrando o início do entardecer, os carros enchendo o trânsito, as crianças voltando do colégio e cercando o carro de pipoca que exalava um cheiro gostoso que chegava até o seu nariz. Essa alegria aliviou um pouco a sua tensão e já estava se acomodando a nova situação. Olhando mais a frente avistou um senhor puxando um carrinho cheio de caixas de papelão que seguia bem devagar, passo a passo, a sua estrada não se importando quanto tempo levasse.
Quanta coragem e determinação mostrara esta cena para ela. Parecia que tudo que ocorrera nos últimos dias era o fim do mundo, mas agora deslumbrava um novo horizonte, se enchia de força e energia para iniciar uma nova vida.
Observando isso tudo seus olhos começaram a brilhar novamente e seu coração a se encher de esperanças de um novo amanhã.
Rene Santos
 
Pauta Bloinquês - EDIÇÃO VISUAL

(Imagem retirada da NET)

Nenhum comentário:

Postar um comentário