quarta-feira, 21 de julho de 2010

"HISTÓRIAS DE CARNAVAL"


Carnaval festa de fantasias e sonhos
Alegria de foliões cheios de desejos
No balanço da banda vibram no salão
Cheios de euforia e empolgação.


Encontros de Pierrots e Colombinas
Escondendo seus rostos com máscaras
Matam as saudades aos beijos e abraços
Sem medos ou receios satisfazem seus desejos.


Entre risos e e alegrias cheios de ilusóes
Na esperança de uma conquista
São palhaços no meio da multidão
Que cantam e pulam no meio do salão.


Palhaços do riso, do choro, da alegria
Na avenida levam sentimentos de liberdade
Com sabor de amor e amizade
Vão até quarta feira perdidos na insônia.


Carnaval de tradições emocionantes
Com seus alucinados romances
Dando alegria aos foliões apaixonados
Que na quarta feira são abandonados.


Carnaval das desilusões
Difícil de ser controlado
Por foliões sem cautela
Que brigam na passarela.


Poetas que embalam a festa
Fazendo seus enredos de carnaval
Mostrando as maiores obras
Tornando campeã a sua escola.


Mulheres com corpos exuberantes
Fazem da avenida uma passarela
Com o charme de sua beleza
Levantam o desejo da platéia.


Carnaval de muitos reis e rainhas
Todos se amam sem limites
Numa felicidade sem fim
Fazem pactos ao som do tamborim.


Uma vida que é vivida
De felicidade presente
Com a alegria de um amante

Carnaval fantasia real
Um amor sem igual
Chega ao seu final
Com um final feliz.

Rene santos
Participação para Postagem Coletiva
Deixei seguir a inaginação com os pensamentos desordenados.
Ficou meio louco, mas está aí e espero que gostem 


(Imagens retiradas da NET)

Um comentário:

  1. Olha, Rene, até que não achei tão louco, viu? Você soube retratar as inúmeras emoções que o carnaval representa através de seus versos.
    Muito obrigado pelos elogios ao meu texto!

    Beijo!

    ResponderExcluir